Pular para a página principal

Sintomas pós-vacinação infantil

A vacinação infantil é essencial para que o seu filho esteja imune a diversas doenças, como a poliomielite, o sarampo, a rubéola, o tétano e a coqueluche, além de muitas outras que podem representar um risco à saúde. Apesar de ser uma medida muito importante para a vida em geral, muitos pais e cuidadores deixam de levar seus filhos para vacinar por medo de reações adversas ou por acreditarem em teorias negativas relacionadas às vacinas.

Nesse cenário, é necessário ter em mente que muitas informações falsas sobre as vacinas circulam diariamente e que os benefícios da imunização são maiores do que os riscos de reações. Tais reações realmente existem, mas, em geral, não afetam negativamente a saúde do seu filho. Além disso, alguns sintomas são comuns e não devem gerar preocupação excessiva, pois desaparecem após alguns dias ou até algumas horas.

Conheça os efeitos adversos pós-vacinação mais comuns:

  • Febre;
  • Dor;
  • Inchaço local;
  • Vermelhidão;
  • Calor no local da aplicação.

Conduta do cuidador:

  1. Utilização de compressas frias no local da vacina, para alívio da dor e/ou da inflamação;
  2. No caso de dores intensas e/ou febre, analgésicos e antitérmicos adequados para a faixa etária da criança podem ser utilizados sob orientação médica.

Pronto! Agora você já sabe como lidar com essas possíveis reações.

Lembre-se sempre! Em casos de dúvidas ou reações mais graves, é ideal consultar um pediatra.

Referência: Ministério da Saúde. Manual de Vigilância Epidemiológica de Eventos Adversos Pós-Vacinação. 3ª ed. Brasília: Ministério da Saúde; 2014.

Veja também

Ícone Por que vacinar? Mitos e verdades| TYLENOL®

Febre após vacinação

A vacinação é importante para proteger o bebê de muitas doenças. Mas, casos de febre logo após a vacina podem preocupar a família. Veja o que fazer.

Ícone Por que vacinar? Mitos e verdades| TYLENOL®

Por que vacinar? Mitos e verdades

Vacinas são essenciais para a proteção em todas as fases da vida, especialmente após o nascimento. Saiba mais sobre o tema e não caia nos mitos!