Mães

Mães

Saiba mais sobre as dicas que TYLENOL® reuniu para facilitar o melhor trabalho do mundo, o seu.

X
  • Febre
  • Infecções
  • Dores
  • Vacinação
Febre
Infecções
  • Resfriados
  • Garganta
  • Ouvido

INFECÇÕES RESFRIADOS Conforme o inverno se aproxima, a história se repete: dores no corpo, coriza, febre, tosse... É o resfriado novamente, que atinge tanto adultos como crianças. E para que os pais não se assustem com os resfriados de seus pequenos, separamos informações e dicas sobre essa doença que resolve voltar todo ano. SINTOMAS DO RESFRIADO Coriza Tosse Febre Falta de apetite Indisposição Dor de cabeça Dor de garganta Dor de ouvido Dor no corpo COMO TRATAR O RESFRIADO Repouso Beber bastante líquido ofereça aqueles que seus filhos já estão acostumados (inclusive leite materno, na fase de amamentação). Fazer uso da inalação ajuda no combate a coriza, fluidificando as secreções nasais. Analgésicos e antitérmicos também podem ser uma alternativa para melhorar o desconforto e a febre. O Paracetamol, substância base de TYLENOL é o mais recomendado para bebês, mas lembre-se de conversar com o pediatra antes de utilizar qualquer medicamento. Vale lembrar, no caso do surgimento de febre mais intensa, dores mais fortes ou vômitos, deve-se procurar um pediatra imediatamente.

 

INFECÇÕES DE GARGANTA (TONSILITES) A garganta faz parte da primeira linha de defesa do organismo, principalmente contra germes que invadem o corpo pela via respiratória, por isso pode sofrer infecções com maior facilidade que outras partes do corpo. A maioria das tonsilites (infecções de garganta) são causadas por vírus e geralmente surgem em crianças de até três anos (que constituem 97% dos casos). SINTOMAS DE INFECÇÕES DE GARGANTA Febre Dores em partes específicas Dificuldade de engolir Indisposição Dor de cabeça Dor de barriga É comum a mãe sentir um cheiro desagradável na boca da criança, sendo possível encontrar uma secreção esbranquiçada no fundo da garganta. COMO TRATAR A INFECÇÃO DE GARGANTA O uso de analgésicos e antitérmicos ajuda no combate e bem-estar da criança. O Paracetamol é uma boa indicação, por isso é sempre bom ter um TYLENOL por perto. Infecções causadas por bactérias exigem consulta de um pediatra. Fazer uso da inalação ajuda na respiração e combate a coriza. Alguns pediatras indicam a retirada das tonsilas (antigamente chamadas de amígdalas) quando o desenvolvimento da criança é prejudicado por repetidas infecções, ou para crianças que ao dormir ficam alguns segundos sem respirar (a chamada apneia noturna). Consulte um médico para saber mais!

 

INFECÇÕES - DOR DE OUVIDO (OTITE) Após alguns dias de tosse, coriza e febre, esperamos que a criança comece a melhorar. No entanto, em alguns casos, a febre volta a aumentar e a criança fica cada vez mais irritada, chorosa e com o ouvido dolorido. Tudo isto pode ser um sinal de infecção de ouvido (Otite). SINTOMAS DE OTITE Febre Ouvido tapado e/ou perda de audição do ouvido infectado Indisposição Enjoo e vômito O tratamento baseia-se no uso de analgésico e antitérmico, sendo o Paracetamol um bom tratamento para os sintomas. Em alguns casos, o uso de antibiótico é necessário, então uma consulta com o pediatra é fundamental para que ele possa identificar esta necessidade e acompanhar o tratamento. SAIBA MAIS SOBRE A OTITE O uso de compressas quentes na orelha ajuda no tratamento A maioria das crianças apresenta o primeiro episódio de otite até os 3 anos, sendo comum apresentarem 3 episódios da infecção no mesmo período. Quando a criança mama deitada, o leite pode refluir da garganta para o ouvido e infeccioná-lo. Por isso, é importante elevar a cabeça da criança acima do corpo na hora da amamentação. TYLENOL® PARACETAMOL MS 1.1236.3326. TYLENOL®DC PARACETAMOL E CAFEÍNA MS – 1.5721.0015. INDICAÇÕES: ANALGÉSICO E ANTITÉRMICO. SAC 0800 728 6767 SERVIÇO AO PROFISSIONAL: 0800 7023522 ADVERTÊNCIAS: NÃO USE TYLENOL® JUNTO COM OUTROS MEDICAMENTOS QUE CONTENHAM PARACETAMOL, COM ÁLCOOL, OU EM CASO DE DOENÇA GRAVE DO FÍGADO. TYLENOL®DC É UM MEDICAMENTO. SEU USO PODE TRAZER RISCOS. PROCURE O MÉDICO E O FARMACÊUTICO. LEIA A BULA. “SE PERSISTIREM OS SINTOMAS, O MÉDICO DEVERÁ SER CONSULTADO.”

 
 
Dores
  • Cólica
  • Erupção Dentária
  • Dor do Crescimento
  • Dor de Cabeça

DORES As causas das dores nos bebês e crianças vão desde a vacinação, nascimento dos dentes, até dores relacionadas ao crescimento. Que tal saber um pouco mais sobre o assunto para evitar sustos e poder ajudar seu bebê? TIPOS MAIS COMUNS DE DORES: CÓLICA POR QUÊ A CRIANÇA TEM CÓLICA? A causa real da cólica dos bebês ainda é desconhecida. Mesmo assim, é possível identificar os principais sintomas: Choro Intenso Rosto Avermelhado Mãos Esticadas Perninhas que se dobram sobre a barriga É BOM SABER... A cólica em uma criança que não está ganhando peso adequadamente apresenta outros sintomas, como: - Regurgitações; - Diarreia; - Problemas de pele. Nesses casos, a mãe deve procurar um pediatra o mais rápido possível para receber as orientações corretas. SAIBA MAIS SOBRE A CÓLICA Compressas e bolsas quentes ajudam a combater a dor (cuidado com a temperatura para evitar queimaduras). Massagens na barriga ou movimentação das perninhas do bebê (como se ele estivesse andando de bicicleta) ajudam a combater a dor. O Paracetamol é um dos medicamentos mais eficazes contra as dores da cólica. É sempre bom ter um TYLENOL por perto! A cólica não é influenciada pelo sexo do bebê, idade da mãe ou ambiente em que vive. São mais frequentes no final da tarde ou início da noite.

 

DOR DA ERUPÇÃO DENTÁRIA Geralmente os dentes começam a nascer entre os primeiros seis meses de vida, terminando ao redor dos 30 meses. Frequentemente nos deparamos com crianças que ao iniciarem o crescimento dos dentes apresentam dor, febre, vômito, diarreia, coriza e tosse. Não se sabe se estes sintomas são causados pela dentição ou apenas coincidem com o período em que a criança está mais suscetível aos processos infecciosos (dos 6 meses aos 30 meses). O mais indicado nos casos de aparecimento dos sintomas citados é medicar a criança com analgésico e antitérmico, levando-a no pediatra para consulta. SAIBA MAIS SOBRE A DOR DE DENTE O mais frequente é a criança ter pelo menos dois dentes até o primeiro aniversário. Normalmente os primeiros dentes a nascer são os incisivos centrais inferiores. Algumas crianças têm o nascimento dos dentes a partir do 4º mês, o que também é normal.

 

DOR DO CRESCIMENTO (DOS MEMBROS) A dor nas coxas, nas pernas e nos braços pode aparecer constantemente na infância, sendo mais notada um dia após a criança ter praticado exercícios físicos, como andar de bicicleta, nadar, jogar bola, etc. As dores são causadas pelo crescimento de músculos e ossos, que podem se tornar desconfortáveis para a sua criança. Para aliviar a dor é aconselhável fazer compressas quentes e massagens nas partes que apresentam dor. Em casos mais intensos, é possível fazer uso de analgésicos indicados para a idade da criança, sendo o Paracetamol uma alternativa segura e confiável (vale sempre consultar um pediatra). SAIBA MAIS SOBRE DOR DE CRESCIMENTO Normalmente as dores nos membros são mais constantes entre os 4 e 9 anos de idade. As dores não estão relacionadas a problemas ortopédicos, infecciosos, reumatológicos e hematológicos. Não se sabe bem por que algumas crianças têm este tipo de dor durante seu crescimento, que geralmente desaparece na adolescência.

 

DOR DE CABEÇA (ENXAQUECA) A dor de cabeça é um dos sintomas mais frequentes em vários processos infecciosos comuns da infância, como: resfriados, gripes, otites, meningites, tonsilites e sinusites. Vale sempre prestar atenção quando a dor se repete muito, com intensidade moderada/forte, e não é acompanhada de outros sintomas. Nestes casos, o mais provável é que a dor de cabeça tenha evoluido para uma enxaqueca. Nesta situação, a criança também pode ter náuseas, vômitos, e se manter abatida fisicamente. A enxaqueca ocorre em todas as idades, mais frequentemente entre os sete e quinze anos, podendo vir acompanhada de outros inúmeros outros sintomas, como alterações visuais e tonturas. É importante a consulta ao pediatra, e, caso haja a indicação do mesmo, um neurologista também pode ser visitado. SAIBA MAIS SOBRE AS DORES DE CABEÇA Repousar em ambiente tranquilo (com pouca luz) e fazer compressas frias nas têmporas pode ajudar a aliviar as dores do seu filho(a). O sono ajuda muito na diminuição da dor. Dependendo da intensidade da dor, o neurologista irá receitar um analgésico, anti-inflamatórios não hormonais ou medicamentos específicos para enxaqueca. Aos primeiros sintomas pode ser ministrado, sob orientação médica, o Paracetamol. TYLENOL® PARACETAMOL MS 1.1236.3326. TYLENOL®DC PARACETAMOL E CAFEÍNA MS – 1.5721.0015. INDICAÇÕES: ANALGÉSICO E ANTITÉRMICO. SAC 0800 728 6767 SERVIÇO AO PROFISSIONAL: 0800 7023522 ADVERTÊNCIAS: NÃO USE TYLENOL® JUNTO COM OUTROS MEDICAMENTOS QUE CONTENHAM PARACETAMOL, COM ÁLCOOL, OU EM CASO DE DOENÇA GRAVE DO FÍGADO. TYLENOL®DC É UM MEDICAMENTO. SEU USO PODE TRAZER RISCOS. PROCURE O MÉDICO E O FARMACÊUTICO. LEIA A BULA. “SE PERSISTIREM OS SINTOMAS, O MÉDICO DEVERÁ SER CONSULTADO.”

 
 
Vacinação

VACINAÇÃO A vacina é uma medida preventiva e um importantíssimo recurso que as crianças devem receber para evitar uma série de doenças graves. Mas, eventualmente, ela pode causar alguns sintomas adversos. Possíveis reflexos da vacina no bebê Febre Dor Vermelhidão no local da aplicação Irritabilidade Dor de cabeça Cansaço Dor muscular SAIBA MAIS SOBRE A VACINA As vacinas orais também podem causar enjoo, vômitos e diarreia. Infelizmente, algumas vacinas são mais dolorosas do que outras. É o caso da antitetânica, que deixa o local da aplicação dolorido por alguns dias. Se a dor for perceptível por muito tempo, é saudável consultar um pediatra. Não deixe de vacinar seu filho no tempo certo, pois isto garante a máxima eficiência e proteção das vacinas. O mais indicado para amenizar esses sintomas é o uso de compressas frias seguida de compressas quentes. O uso de analgésicos e de antitérmicos também pode ajudar, sendo o Paracetamol uma boa alternativa, além do único recomendado para bebês de até 3 meses. No caso de efeitos muito intensos o pediatra deve ser contatado imediatamente.

   
 

Dengue

Conhecimento é prevenção. Saiba mais sobre os sintomas e causas da dengue.

Dor Muscular

TYLENOL® 500mg
Extra poder de alívio 2 comprimidos = 1g de paracetamol
X
TYLENOL® 500mg
Extra poder de alívio 2 comprimidos = 1g de paracetamol

Ideal para o alívio rápido de dores moderadas, o TYLENOL® 500mg pode ter poder extra alívio quando a dose é composta por dois comprimidos (Paracetamol 1.000mg), ideal para dores musculares, dor nas costas, dor de dente e febre.

Composição
Ingrediente Ativo: 500mg de Paracetamol por comprimido. Excipientes: água purificada, amido, amido pré-gelatinizado, amidoglicolato de sódio, celulose microfina, estearato de magnésio, hipromelose e macrogol.

Indicações
Indicado em adultos para alívio temporário de dores leves associadas a gripes e resfriados comuns, dor de cabeça, dor de dente, dor nas costas, dores leves associadas a artrites, cólicas menstruais e para redução da febre.

Contraindicações
TYLENOL® não deve ser administrado a pacientes com hipersensibilidade ao Paracetamol ou a qualquer outro componente de sua formula. Número de registro Ministério da Saúde: REG. MS. 1.1236.3326

Advertências
- Não exceder a dose máxima de 4g (adultos) e 75mg/kg (crianças) de Paracetamol em um período de 24 horas.
- Não use junto com outros medicamentos que contenham Paracetamol, com álcool, ou em caso de doença grave do fígado.
- Em caso de alergia ao Paracetamol ou a qualquer um dos componentes da fórmula, o uso do produto deve ser interrompido.
- Informe seu médico sobre qualquer medicamento que esteja usando, antes do início ou durante o tratamento.
- Em caso de superdose acidental, procure imediatamente um médico ou centro de intoxicação. O suporte imediato é fundamental para adultos e crianças, mesmo se os sinais e sintomas de intoxicação não estiverem presentes.

Formas farmacêuticas
Um Blister contendo quatro comprimidos e cartucho contendo 20 comprimidos.

Precauções
Não use outro produto que contenha Paracetamol. Atenção: Este medicamento contém açúcar (amido). Portanto, deve ser usado com cautela por portadores de diabetes. Embora TYLENOL® possa ser utilizado durante a gravidez, o médico deve ser consultado antes de sua utilização. A administração deve ser feita por períodos curtos. Não utilize para dor por mais de 10 dias ou para febre por mais de três dias, exceto sob orientação médica. Embora TYLENOL® possa ser utilizado durante a gravidez, o médico deve ser consultado antes da sua utilização. A administração deve ser feita por períodos curtos. TYLENOL® não deve ser administrado por mais de 10 dias para dor e para febre por mais de três dias. Usuários crônicos de bebidas alcoólicas podem apresentar um risco aumentado de doenças do fígado caso seja ingerida uma dose maior do que a dose recomendada (superdose) de TYLENOL®. O Paracetamol pode causar dano hepático.

Reações Adversas
Podem ocorrer algumas reações adversas inesperadas. Caso ocorra uma rara reação de sensibilidade, o uso medicamento deve ser interrompido.

 

DIZERES LEGAIS
MS - 1.1236.3326
Farmacêutico Responsável:
Marcos R. Pereira - CRF/SP n° 12.304

 

Não deixe de consultar a bula para informações completas.

Onde comprar:

Onofre

Netfarma

Gotas

TYLENOL® Gotas
Indicado para dor e febre, para uso adulto e infantil
X
TYLENOL® Gotas

Ideal para o uso pediátrico e adulto, podendo ser usado desde o nascimento, o TYLENOL® Gotas 200mg é indicado para a redução da febre e o alívio temporário de dores leves a moderadas (como dor de dente, dor de garganta, febre e resfriados).

Composição
Ingrediente Ativo: 200mg de Paracetamol por ml (14 a 16 gotas). Excipientes: ácido cítrico, água desionizada, aromas(caramelo, aniz/menta, e morango, benzoato de sódio, bissulfito de sódio ciclamato de sódio, corante amarelo crepúsculo FD&C n°6, hidróxido de sódio, macrogol e sacarina sódica di-hidratada.

Indicação
Indicado, em bebês e crianças, para redução da febre e para o alívio temporário de dores leves a moderadas associadas a gripes e resfriados comuns, dor de cabeça, dor de dente e dor de garganta Uso Adulto e Infantil.
Indicado, em adultos, para a redução da febre e para o alívio temporário de dores leves a moderadas, tais como: dores associadas a gripes e resfriados comuns, dor de cabeça, dor no corpo, dor de dente, dor nas costas, dores musculares, dores associadas a artrites e dismenorreias.

Contraindicações
TYLENOL® não deve ser administrado a pacientes com hipersensibilidade ao Paracetamol ou a qualquer outro componente de sua fórmula. Número de registro Ministério da Saúde: REG. MS. 1.1236.3326

Advertências
- Não exceder a dose máxima de 4g (adultos) e 75mg/kg (crianças) de Paracetamol em um período de 24 horas.
- Não use junto com outros medicamentos que contenham Paracetamol, com álcool, ou em caso de doença grave do fígado.
- Em caso de alergia ao Paracetamol ou a qualquer um dos componentes da fórmula, o uso do produto deve ser interrompido.
- Informe seu médico sobre qualquer medicamento que esteja usando, antes do início ou durante o tratamento.
- Em caso de superdose acidental, procure imediatamente um médico ou centro de - intoxicação. O suporte imediato é fundamental para adultos e crianças, mesmo se os sinais e sintomas de intoxicação não estiverem presentes.

Formas farmacêuticas
Frasco plástico contendo 15 ml.

Precauções
Embora o produto TYLENOL® possa ser utilizado durante a gravidez, o médico deve ser consultado antes de sua utilização. A administração deve ser feita por períodos curtos. Para crianças abaixo de 11 kg ou 2 anos, consulte seu médico antes do uso. Não utilize para dor por mais de cinco dias (crianças) ou dez dias (adultos), ou para febre por mais de três dias, exceto sob orientação médica. Se a dor ou febre persistir ou piorar, se surgirem novos sintomas, ou em caso de aparecimento de vermelhidão ou edema, consulte seu médico, pois pode ser um sinal de doença grave. Informe seu médico sobre qualquer medicamento que esteja usando, antes do início ou durante o tratamento (vide bula). Não use outro produto que contenha Paracetamol. Se você toma três ou mais doses de bebidas alcoólicas todos os dias, pergunte a seu médico se você pode tomar TYLENOL® Gotas ou qualquer outro analgésico. Usuários crônicos de bebidas alcoólicas podem apresentar um risco aumentado de doenças do fígado caso seja ingerida uma dose maior do que a dose recomendada (superdose) de TYLENOL® Gotas. Em caso de superdose acidental, procure imediatamente um médico ou um centro de intoxicação. O suporte médico imediato é fundamental para adultos e crianças, mesmo se os sinais e sintomas de intoxicação não estiverem presentes.

Reações Adversas
Podem ocorrer algumas reações adversas inesperadas. Caso ocorra uma rara reação de sensibilidade, o uso do medicamento deve ser interrompido.

DIZERES LEGAIS
MS - 1.1236.3326
Farmacêutico Responsável:
Marcos R. Pereira - CRF/SP n° 12.304

 

Não deixe de consultar a bula para informações completas.

Onde comprar:

Onofre

Netfarma